Sua casa mereçe muito mais decoração
Aqui você encontra produtos sofisticados com o melhor preço

Precisando reformar a casa? Confira 5 dicas para se planejar financeiramente

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

O planejamento é um dos principais ingredientes do sucesso de qualquer projeto. Principalmente se estivermos falando de finanças. Se você quer reformar a casa, por exemplo, é importante estar preparado, com o orçamento bem organizado. Se a sua ideia é repaginar ou mudar totalmente cada cantinho da sua casa confira neste artigo as cinco nossas dicas de planejamento financeiro.

1 – Comece definindo seu projeto para reformar a casa

A primeira medida ao pensar em reformar a casa é contar com um projeto bem definido. Assim evita-se surpresas no meio do caminho, como gastos extras.

A dica é anotar tudo que precisa ser arrumado e buscar referências em revistas e na internet, por exemplo, para traçar o que será preciso na reforma.

2 – Consulte um profissional antes de contratar serviços

Depois de estabelecer tudo que é preciso para reformar a casa é hora de buscar uma consultoria profissional. Você não precisa, necessariamente, contratar um arquiteto ou um designer para reforma, mas é importante contar com a opinião de especialistas para saber se o que planejou é passível de ser executado. Com a ajuda desses profissionais você também pode conseguir boas dicas para a contratação de pintores, pedreiros e etc.

O arquiteto, engenheiro ou designer também pode explicar se certas mudanças podem ser feitas sem que você precise notificar as autoridades e o que vai ou não valorizar o imóvel.

3 – Faça muita pesquisa de material e serviços

Mesmo com a orientação de um especialista é preciso pesquisar antes de comprar o material necessário para a reforma. As lojas costumam apresentar bastante diferença de preço. Faça uma lista e procure fazer orçamento em várias lojas. Pergunte se pagamento à vista tem desconto ou se é possível parcelar o valor em várias vezes, conforme as suas possibilidades.

É importante lembrar que nem todos os serviços podem ser feitos por um mesmo profissional. Isso significa que mesmo contratando um pedreiro, dependendo do piso, será necessário mão-de-obra especializada.

4 – Fez as contas e não tem o dinheiro suficiente? Comece aos poucos.

Se depois de definir seu projeto para reformar a casa, pesquisar materiais e serviços, bem como consultar um profissional você perceber que não tem dinheiro suficiente para reforma talvez precise repensá-la. Isso significa dividir a reforma em etapas. Você pode começar por aquilo que mais te incomoda ou for mais em conta, É importante lembrar no entanto que, não adianta começar por algo que depois possa ser deteriorado com a etapa seguinte.

Se achar por bem, você pode tentar empréstimos bancários. Existem planos voltados exatamente para a reforma da casa. Consulte o seu gerente para saber se vale a pena.

5 – Programe o tempo da reforma

Mesmo que você tenha que dividir a reforma em etapas é preciso programar o tempo que ela irá durar. Assim você planeja melhor o quanto ainda precisará economizar e ainda evita desperdícios.

É claro que imprevistos acontecem, mas se você tiver um projeto bem estruturado será mais difícil se perder no meio do caminho e gastar mais do que o imaginado.  

Com um planejamento financeiro bem estruturado, é possível reformar a casa sem sustos. Ainda que haja algum imprevisto, fica mais fácil contorná-lo se houver um projeto definido. Depois que a casa estiver prontinha, decorá-la vai ser praticamente uma recompensa para seu bom esforço!

Se gostou das nossas dicas deixe aqui o seu comentário! Envie também as suas sugestões.

reformar a casa

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×