Sua casa mereçe muito mais decoração
Aqui você encontra produtos sofisticados com o melhor preço

5 diferenças entre cortinas e persianas

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Você provavelmente já utilizou – ou utiliza – esses dois tipos de peças nas janelas da sua casa, mas saberia nos contar quais as diferenças entre cortinas e persianas? As duas peças têm praticamente a mesma função, mas diferenciam-se em aspectos importantes. São exatamente esses que contribuem para a sua decisão de compra.

Para que você tenha ambientes mais bem iluminados e decorados, mostramos cinco diferenças entre cortinas e persianas para você entendê-las de vez.

1.Tipo de fabricação é um diferencial

A fabricação das duas peças é uma das principais diferenças entre cortinas e persianas. As cortinas são fabricadas a partir de tecidos, de uma forma muitas vezes artesanal. Eles possuem um caimento completo e podem ser combinados com sobreposições ou itens decorativos.

diferenças entre cortinas e persianas.

Já as persianas utilizam alumínio, madeira, plástico ou qualquer outro material de origem mais rústica. Esse detalhe faz toda diferença na hora de utilizar uma cortina ou persiana rústica para decorar o seu espaço.

2. Estilo diferenciado na decoração

As persianas são muito mais informais e perfeitas para um ambiente descontraído do que as cortinas. Claro que o dependendo do material de fabricação, essa inversão de conceitos acontece. Contudo, se você procura agregar mais valor estético para o seu espaço, as cortinas de tecido serão muito mais indicadas.

Os ambientes profissionais, como salas comerciais e escritórios devem, preferencialmente, ter persianas. Elas são neutras e possuem uma praticidade maior para abrir e fechar. Essa talvez seja a única exclusão de caso quando se fala em estilo para o ambiente.

3. Bloqueio de luminosidade para o seu ambiente

A capacidade de bloquear a luminosidade excessiva de um ambiente é uma das grandes e melhores diferenças entre cortinas e persianas. O primeiro tipo de peça – principalmente com modelos blackout – permite um controle muito maior da luminosidade de seu espaço. As persianas são até bem utilizadas em quartos, mas as cortinas com bloqueio de luz são bem mais indicadas.

É importante lembrar que, se você não quer utilizar uma cortina blackout – principalmente se o seu ambiente tiver pouca ventilação, porque esse tecido bloqueia mais o vento que entra pela sua janela -, as persianas são as melhores opções. Contudo, é necessário escolher um material mais firme e um modelo sem brechas para que a luminosidade seja controlada.

4. Tecnologia mantém as diferenças entre cortinas e persianas

É possível aplicar motores para abrir e fechar cortinas, mas geralmente isso é feito de forma manual. Já as persianas permitem facilmente a aplicação de um motor que funciona a partir de controle remoto. Espaços maiores tendencialmente pedem cortinas ou persianas maiores e, nesses ambientes, as peças motorizadas fazem toda diferença.

5. Limpeza e durabilidade

Na hora de comprar qualquer peça decorativa para o seu ambiente, a limpeza e a durabilidade precisam ser levadas em conta. Essas também são diferenças entre cortinas e persianas que favorecem a compra de uma peça e não de outra. As persianas são muito mais fáceis de limpar e você não precisa retirar toda a peça para fazer essa manutenção. Dependendo do tipo de material, as persianas também são mais duráveis.

Com essas cinco diferenças entre cortinas e persianas você já consegue decidir entre um produto ou outro? Conta para nós nos comentários!

diferenças entre cortinas e persianas

 

 

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×